Redação dissertativa

Antes de se aventurar a escrever uma redação, é necessário entender o que é uma redação, quais os seus gêneros e tipos. Existem dois grandes tipos de redação na produção de texto da língua portuguesa. A redação narrativa, que se utiliza da produção textual para criar uma história narrada. Neste tipo de redação temos a figura do narrador e personagens apresentados na produção do texto.

(Foto: divulgação)

(Foto: divulgação)

Redação dissertativa

A redação dissertativa, por outro lado, apresenta uma ideia e não uma história. A dissertação é a maneira formal de apresentar uma tese, ideia ou até mesmo opinião através de um texto desenvolvido de maneira critica e sem a presença de um narrador. Uma redação narrativa pode ser dividida em dois subgêneros. A redação dissertativa argumentativa, ou a redação dissertativa discursiva.

Redação dissertativa discursiva

O primeiro subgênero da redação dissertativa é a sua forma discursiva. Na redação discursiva, o locutor apresenta sua ideia em um texto coeso que leve o interlocutor a pensar sobre aquilo. É apresentada a ideia e o planejamento de algo, mas sem a defesa ou apresentação de solução para um problema.

Um exemplo de redação dissertativa discursiva é a elaboração de trabalhos universitários, onde se expõe uma ideia e se busca meios de corroborá-la através de pesquisas ou artigos. Artigos científicos, jurídicos entre outros, são exemplos de redações dissertativas discursivas. O foco principal é a tese levantada pelo autor.

(Foto: divulgação)

(Foto: divulgação)

Redação dissertativa argumentativa

Na redação dissertativa argumentativa, a postura do autor é outra. Neste ponto, é apresentado um problema com mais de um ponto de vista sobre o assunto, e é dado ao autor o poder de argumentar a favor de um ponto de vista.

Neste tipo de redação, cabe ao autor convencer ao leitor que sua forma de pensar e de visualizar a solução daquele problema está correta, e que a solução apresentada pelo autor, realmente trará resultados efetivos.

O autor de uma redação argumentativa tem a função de defender um dos lados do problema. Este é o subgênero de uma redação dissertativa, que geralmente é exigido em um vestibular, concurso, ou no ENEM, pois demonstra ao examinador a capacidade intelectual do redator, e mostra a ele que, independente de seu posicionamento, o candidato tem capacidade de se posicionar e defender sua posição sobre aquele assunto.
banner-tecnicas-de-redacao-horizontal-11

O grande segredo da redação dissertativa argumentativa é saber expor seu argumento de maneira que se torne mais atrativo do que qualquer outro argumento que pudesse ser apresentado.

Recomendados para você: