Exemplos e modelos de redação

Ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, não existe uma formula mágica ou técnicas especiais para se produzir uma boa redação. Você só necessita seguir algumas regras essenciais, não deixar de lado os pontos estruturais como: começo, meio e fim e fazer a distribuição das ideias sem que fuja do tema proposto, de maneira correta sendo usado em todos os períodos do texto. Você já deve saber que existem três estilos de textos o Narrativo, o Dissertativo e o Descritivo.

(Foto: divulgação)

(Foto: divulgação)

Vamos conhecer um pouco de cada um dos modelos de redação. Para que você possa ter um bom desempenho no vestibular ou no Enem vamos fazer com que você entenda o que cada um dos modelos de redação exige. Confira abaixo:

Dissertativa

Na dissertação você vai defender sua ideia, vai dar seu ponto de vista e questionar para fazer a defesa do assunto. Esse tipo de redação distribui o conteúdo dessa forma:

Introdução onde as ideias deverão ser apresentadas para serem defendidas no decorrer do texto;

Desenvolvimento quando as ideias devem ser desenvolvidas convencendo o leitor através de argumentos sólidos e dados concretos;

Conclusão é nessa parte que você deve dar um final ao desfecho da sua redação baseado nos argumentos anteriormente citados.

Nesse tipo de redação o autor pode apresentar julgamentos ou opiniões com a finalidade de defender sua ideia transmitindo credibilidade e consistência sem que fuja do tema proposto no formato de discurso persuasivo.

Narrativa

Na redação narrativa o autor deverá apresentar fatos reais ou fictícios envolvendo personagens de um fato que ocorra em determinado tempo e espaço. A narração de fatos reais é muito encontrada em livros científicos, jornais e livros de histórias. Ao narrar um fato fictício o autor não precisa ter compromisso com a realidade, pois permite ao autor que invente fatos de acordo com a sua imaginação.

É importante salientar que em toda a descrição narrativa há uma ação praticada por personagens através de dois elementos principais, tempo e lugar. Para esse tipo de redação o verbo é sempre usado na primeira pessoa para a personagem e para o observador que está narrando o fato é usado o verbo na terceira pessoa.

(Foto: divulgação)

(Foto: divulgação)

Descritiva

A redação descritiva nada mais é do que a representação de algo, como um objeto ou sentimentos, por meio de palavras. O objetivo do texto descritivo é transmitir informações sobre o seu foco principal, de modo que a pessoa que estiver lendo possa criar em sua mente uma imagem do objeto, pessoa ou sentimento e até mesmo o ser descrito. Os pontos de vista de uma redação descritiva podem ser exigidos de duas maneiras: objetiva e subjetiva.

A forma objetiva é quando um objeto é descrito de maneira precisa de forma que as palavras não permitam mais do que uma interpretação. A forma subjetiva permite ao leitor mais do que uma interpretação ao texto que está lendo ao apresentar palavras ricas de sentido e o emprego de construções livres.

Recomendados para você:

1 Comentário

  1. Feli disse:

    Olá! Estava dando uma olhada na web e encontrei esse colchão. Alguém aqui conhece? Achei muito bom para o meu problema de dor de coluna. http://ocolchaomagnetico.com.br Meu médico falou que diminui até enxaqueca e dor de cabeça.nn1

Comente (será moderado)